Os Tempos Finais
1 Visitante | 03/09/2014 3:56
 
Apresentação
Anúncio da 2° Vinda
Apostasia - Artigos
Apostasia na Igreja
Apostasia no Brasil
Apostasia no Mundo
Artigos do Monsenhor Abib
Artigos do Pe. José do Vale
Artigos do Pe. Léo Persch
Avanço da Bruxaria
Avanço do Ateísmo
Avanço do Espiritismo
Avanço do Satanismo
Eutanásia e Aborto
Notícias que Chocam
Nova Era
Nova Ordem Mundial
O Inferno Existe?
Os Tempos Finais
Perseguição aos Cristãos
Profecias
Visita Recomendada
Contato
Mateus Capítulo 24

Todos sabemos que nós leigos, não temos competência para esclarecer as Santas Escrituras, mas uma pergunta se faz: se hoje ninguém mais está disposto a falar a verdade, ou só dá explicações fantasiosas para uma verdade que é patente e clara, quem irá alertar o povo, sobre a proximidade do Dia do Senhor, aquele que virá como um ladrão, à noite, sem que ninguém o espera? Por isso, volto a este tema, que serve para nossos amigos leitores mostrarem aos seus, que não se tratada de profetas atuais, mas do próprio Deus nos alertando para os acontecimentos de hoje.

Ora, quem ler com um pouquinho de atenção, com o espírito ligado em Deus, não precisa de muitas explicações para entender a maioria das passagens proféticas dos Evangelhos. Falo daquelas ocasiões em que o próprio Jesus, nos abriu o véu de acontecimentos futuros, que são na realidade a base única das profecias atuais e a síntese dos antigos profetas. E Mateus reúne, no capítulo 24, todas as chamadas profecias apocalípticas, sobre o fim dos tempos, e por isso volto a este tema. Vou, para isso, copiar todo o capítulo e explicar sucintamente cada um deles, ligando aos tempos de hoje, para fixar perfeitamente a idéia de que Jesus falava para a nossa geração, e não para a geração dos apóstolos, que ouviam esta Sua pregação. Que aconteceu?

1 Ao sair do templo, os discípulos aproximaram-se de Jesus e fizeram-no apreciar as construções. 2 Jesus, porém, respondeu-lhes: Vedes todos estes edifícios? Em verdade vos declaro: não ficará aqui pedra sobre pedra; tudo será destruído.

Ao dizer que daquele magnífico templo não ficaria pedra sobre pedra – e isso veio a acontecer 34 anos mais tarde – Jesus na realidade pretendia mirar num tempo muito longínquo, para acertar em nossos dias. Porque se naquele tempo a mensagem se referia apenas ao Templo em si, hoje ela se estenderá por toda a terra, da qual não ficará pedra sobre pedra, especialmente das obras do homem distante de Deus. Jesus vem, para reduzir a zero todas as combinações e artifícios humanos, vem para abater por lixo imundo, todas as nossas leis, divorciadas da moral divina. Eu disse: TODAS!

3 Indo ele assentar-se no monte das Oliveiras, achegaram-se os discípulos e, estando a sós com ele, perguntaram-lhe: Quando acontecerá isto? E qual será o sinal de tua volta e do fim do mundo?

Os apóstolos percebem isso e perguntam a Jesus quando tal coisa se daria, e para que sinais deveriam estar atentos, como indicativos a proximidade deste catastrófico evento, que num dia futuro se abateria sobre a terra. E realmente, entre esta frase de Jesus, e o verso seguinte, se passará um lapso de 1972 anos, para chegar a hoje. Ele não diz o dia, nem a hora, nem o ano, apenas começa a apontar os sinais que se dariam, quando estivesse próxima a sua chegada para o Grande Julgamento.

4 Respondeu-lhes Jesus: Cuidai que ninguém vos seduza.* 5Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu o Cristo. E seduzirão a muitos.

E realmente, nunca, como nas últimas décadas e a cada dia mais, surgem novas e outras pessoas falando em nome de Jesus, dizendo que falam por Ele, que explicam a palavra Dele, pessoas que, ardilosamente estão seduzindo a milhares para sua mentira e sua falsa igreja de lucro. São Pedro e São Paulo nos alertam para estes falsos pastores, que levarão muitos à perdição, dizendo claramente que a justiça sobre eles não tarda, em especial sobre aqueles fazem da fé um comércio,uma moeda de troca, que fundam suas igrejas para enriquecer a custa de incautos. Ai destes! E são milhares os que mentem em nome de Jesus, as seitas TODAS estão aí como prova!

6 Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerra. Atenção: que isso não vos perturbe, porque é preciso que isso aconteça. Mas ainda não será o fim.

A mídia espertamente esconde e o leitor menos avisado, quem sabe fica sabendo de uma Guerra do Iraque, mas certamente não será esclarecido de que existem hoje no mundo, mais de 70 guerras em andamento, e que nações – especialmente na África – estão sendo lavadas em sangue, por motivo de rivalidades entre diferentes etnias, e também por motivos religiosos. Estas guerras são incentivadas pelos grandes países, que fabricam e vendem armas, na realidade eles mesmos fabricam as guerras, pois seu projeto é eliminar tais povos. O exemplo do Iraque é visível. Estas pequenas guerras, no final descambarão em uma última hecatombe mundial, a 3ª Guerra, que dizimará 1/3 parte da humanidade. Eis por que Jesus diz que estas pequenas guerras ainda não são o fim.

7 Levantar-se-á nação contra nação, reino contra reino, e haverá fome, peste e grandes desgraças em diversos lugares.  8 Tudo isto será apenas o início das dores.

Antes, em especial no século passado, com as duas primeiras guerras, já vimos que nação se levantou contra nação. Mas as tecnologias de antigamente, se comparadas às de hoje, certamente que não chegam nem aos pés. Os homens estão sedentos de sangue e é projeto do anticristo forjar uma grande guerra, primeiro para dobrar os povos levando-os á ruína, e assim, depois lhes apresentar um projeto de globalização, com um só governo, o tirano ditador de toda a terra. Isso está tudo sendo planejado e arquitetado pelo inferno, e um dia Deus permitirá que tal horror tenha curso. Aí o mundo verá o que é uma guerra com bombas atômicas.

9 Então sereis entregues aos tormentos, matar-vos-ão e sereis por minha causa objeto de ódio para todas as nações.

O ódio e a perseguição aos cristãos – em especial e mais fortemente aos católicos – já acontece hoje em toda a terra, em especial vindo dos intolerantes muçulmanos, e de alguns grupos protestantes radicais. Também os países comunistas ateus, têm feito uma atroz perseguição contra os católicos em alguns países, com milhões de mortos. Os padres são assassinados, as igrejas queimadas, e os fiéis expulsos de suas terras sem ter direito algum. Um dia isso se estenderá por quase todos os países, questão de mais um tempo, e se poderá ver isso se consumar. Mas já acontece hoje, como nunca!

10 Muitos sucumbirão, trair-se-ão mutuamente e mutuamente se odiarão.

Já estão sucumbindo, já estão traindo sua família, sua crença sua fé. Já estão se odiando, e odiarão ainda mais, quando Deus permitir que o inferno inteiro se derrame sobre a terra, na última e mais violenta explosão do mal. Então, as pessoas se tornarão irreconhecíveis, de uma hora para outra, e mesmo católicos se atirarão contra católicos, e matar-se-ão mutuamente pensando estar fazendo algo de bom, para o bem da Igreja e de todos. Satanás os cegará completamente para a verdade.

11 Levantar-se-ão muitos falsos profetas e seduzirão a muitos.

Esta é uma prova perfeita da exatidão da profecia de Jesus. Ele falou em muitos falsos profetas. Nunca, em todos os séculos anteriores houve tamanha explosão de pessoas que se dizem videntes e confidentes, falando em nome de Jesus e Maria, também dos anjos e santos. A maioria destas pessoas é completamente conduzida por satanás, que as engana ardilosamente. Já mostramos diversas formas no site, como alerta a todos os que colocam falsamente palavras na boca de Jesus e Maria. Ai deles!

12 E, ante o progresso crescente da iniqüidade, a caridade de muitos esfriará.

Nunca o amor esfriou tanto entre os homens. Fala-se com nunca em amor, em amar, mas este amor é carnal, volúvel, passageiro e fugaz. Jesus se refere aqui no amor maior, o amor a Deus, sobre todas as pessoas e sobre todas as coisas. Neste verso fala em caridade, mas outras Bíblias dizem amor. Este é o que importa, e o que mede todas as coisas. O amor a Deus está morrendo no coração dos homens, sendo trocado por um falso amor ao homem. Buscam o mundo, esquecem de Deus. Assim, não tem, nem ao mundo, nem a Deus.

13 Entretanto, aquele que perseverar até o fim será salvo.

Este perseverar até no fim, para ser salvo, sem dúvida é destinado a poucos. Sim, todos poderiam se aproveitar deste tempo fabuloso de misericórdia e graça, mas são bem poucos os que percebem isso, mal sabendo que este tempo está para se esgotar. Basta olhar e ver quantos ainda rezam! Um ou dois em cada família. Há casais que não rezam juntos. Onde um tem que rezar as escondidas. Que horror isso!

14 Este Evangelho do Reino será pregado pelo mundo inteiro para servir de testemunho a todas as nações, e então chegará o fim.

Muitos pensam erradamente que o fato de nem todas as pessoas terem conhecido ainda Jesus, o fim dos tempos não é agora, ainda. Nada disso! Jesus fala, levado a todas as nações e verdade é que a Igreja Católica, é a única Igreja que está hoje viva e ativa, em todos os países da terra. Então esta profecia já está cumprida! O resto virá em breve! Sim, o fim!

15 Quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação que foi predita pelo profeta Daniel (9,27) - o leitor entenda bem* - 16 então os habitantes da Judéia fujam para as montanhas. 17 Aquele que está no terraço da casa não desça para tomar o que está em sua casa. 18 E aquele que está no campo não volte para buscar suas vestimentas.

Esta abominação da desolação, já explicamos em outros textos recentes, se refere ao fim da Santa Missa, que está dando lugar a uma simples ceia comemorativa. Este será o estopim do maior desastre da terra. Tudo gira em redor do sacrário e da Missa. Sem eles, será o fim torturante da maioria dos homens. Quando isso for decretado oficialmente – por um falso papa que virá – com certeza terá inicio aquela confusão predita por Jesus. Fujam, escapem, não retornem. Por que isso? Porque será tudo fulminante a partir de então, e não dará mais tempo para nada. A Eucaristia é como um escudo, um dique, que retém o mal. Tirem-na, e o caos se instalará na terra!

19 Ai das mulheres que estiverem grávidas ou amamentarem naqueles dias!

É que as mulheres grávidas, naqueles tempos sofrerão duplamente. Por elas e pelos filhos que estiverem carregando no ventre. Porque a grande confusão em que o mundo estará metido, não lhes sinalizará com nenhuma esperança de vida para esta criança, tal a loucura que tomará conta da terra. Mas ninguém deve deixar de engravidar por causa disso. Deus protegerá as mães santas e grávidas.

20 Rogai para que vossa fuga não seja no inverno, nem em dia de sábado;* 21porque então a tribulação será tão grande como nunca foi vista, desde o começo do mundo até o presente, nem jamais será.

Imaginem a Europa e os Estados Unidos sem energia elétrica, sem aquecedores no inverno. E tendo que fugir para sabe lá onde! Milhões morrerão de frio nestes casos, tentando escapar de guerras e confusões climáticas que se acentuarão. Temos amigos que moram nos Estados Unidos e na Suíça, que nos falam sobre o quanto é difícil se manter aquecidos no inverno. Se faltar energia elétrica, é o caos. Uma coisa ainda: nós poderemos ter invernos glaciais até nas regiões de trópicos, pois os pólos estão se derretendo – Ártico e Antártida – e os gelos devem aportar nas costas de alguns países trazidos pelas correntes marítimas. Será o caos para quem não está acostumado.

22 Se aqueles dias não fossem abreviados, criatura alguma escaparia; mas por causa dos escolhidos, aqueles dias serão abreviados.

Como vimos em outros textos, Deus já abreviou o tempo, encurtando o dia das antigas 24 horas para apenas 16 atuais. Porque se nós tivéssemos que enfrentar as loucuras do dia a dia, por mais oito horas diárias, a humanidade já teria sem duvida sucumbido, em sua maioria. E Deus poderá encurtar ainda mais os dias.

23 Então se alguém vos disser: Eis, aqui está o Cristo! Ou: Ei-lo acolá!, não creiais. 24 Porque se levantarão falsos cristos e falsos profetas, que farão milagres a ponto de seduzir, se isto fosse possível, até mesmo os escolhidos. 25 Eis que estais prevenidos. 26 Se, pois, vos disserem: Vinde, ele está no deserto, não saiais. Ou: Lá está ele em casa, não o creiais.

Já falamos em falsas igrejas, seitas, e falsos profetas que abundam neste trágico tempo de hoje, e por toda a terra. Gente que diz: Jesus está aparecendo lá, Maria naquele outro lugar, mas na realidade a maioria destas coisas é falsa. E estas falsas seitas estão atraindo para elas milhares de incautos, que se diziam católicos, mas que na verdade eram porcarias ambulantes em questão de fé. Só os já mortos em espírito é que caminham na direção da morte de suas almas. A Igreja Católica é a única que salva, e a única que tem os sacramentos, os caminhos que levam a Deus.

27 Porque, como o relâmpago parte do oriente e ilumina até o ocidente, assim será a volta do Filho do Homem.

Quanto a estes raios, hoje, ainda, as constantes auroras boreais, também os raios verdes que acontecem nos céus de Israel, falam claramente desta profecia. Algo de estranho, que não consegue explicação da ciência.

28 Onde houver um cadáver, aí se ajuntarão os abutres.

Esta profecia, a nosso ver, se cumpriu integral e perfeitamente por ocasião da morte do Papa João Paulo II. Realmente, ao redor do caixão dele, a maioria dos abutres do mundo, dos fazedores de guerra se reuniu. Para pousar de santo na mídia!

29 Logo após estes dias de tribulação, o sol escurecerá, a lua não terá claridade, cairão do céu as estrelas e as potências dos céus serão abaladas.

Quando o mundo estiver nesta situação de caos, no meio da grande Guerra Mundial, justamente quando nos parecer que nada de pior poderá nos acontecer, virá o ainda pior. O apocalipse nos fala da queda de astros sobre a terra, com efeitos catastróficos. Já explicamos a mecânica do grande Aviso de Deus, que se dará num dia futuro. Isso deve acontecer concomitante – isto é, ao mesmo tempo – com a queda do astro. Este evento irá esfacelar com toda a terra e inviabilizar totalmente as ações bélicas, acabando com a guerra que estava em vias de exterminar todos os povos.

30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem. Todas as tribos da terra baterão no peito e verão o Filho do Homem vir sobre as nuvens do céu cercado de glória e de majestade.* 31 Ele enviará seus anjos com estridentes trombetas, e juntarão seus escolhidos dos quatro ventos, duma extremidade do céu à outra.

Claro, este será o grande final, mas até lá rios de sangue correrão pela terra. Será o grande momento da 2ª Vinda, do Julgamento das pessoas. Quem não treme diante disso? Mas basta estar entre o numero dos bons, para não tremer. Sem medo, então!

32 Compreendei isto pela comparação da figueira: quando seus ramos estão tenros e crescem as folhas, pressentis que o verão está próximo. 33 Do mesmo modo, quando virdes tudo isto, sabei que o Filho do Homem está próximo, à porta. 34 Em verdade vos declaro: não passará esta geração antes que tudo isto aconteça.* 35 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão.

Aqui está a Sabedoria que falta para milhares de pessoas. Observem os sinais dos tempos atuais, e percebam que apenas nos dias de hoje todas as palavras de Jesus se cumprem fielmente. Antes aconteciam algumas coisas, mas hoje acontecem milhares de coisas inauditas, em especial na natureza. E nossa geração não passará, sem que tudo se cumpra. Nós somos sim, a geração dos últimos dias. Jesus não Se referia a geração dos apóstolos, mas sim a geração estaria vivendo na terra, por ocasião de todos estes acontecimentos que Ele aqui descreveu como sinais precursores.

36 Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém o sabe, nem mesmo os anjos do céu, mas somente o Pai.

Datas e prazos, nós não os temos. Mas temos os grandes sinais e avisos de Deus. E tudo o que está relatado neste capítulo do Evangelho de Mateus comprova isto. Não se precisa da data, então, basta saber que o Senhor está próximo. Até porque, se nós formos buscar nas profecias antigas, veremos que este dia do Julgamento e da Vinda de Jesus, é o que eles tratam por “Dia do Senhor”, dia da manifestação de Deus. Dia em que Ele estabelecerá definitivamente seu primado no coração de todos os homens, quer queiram, quer não. Quem não O aceitar como Único Deus e Senhor, estará fora, “retira-te de Mim, para o fogo eterno, destinado ao demônio e aos seus seguidores”.

37 Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem. 38  Nos dias que precederam o dilúvio, comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. 39 E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim será também na volta do Filho do Homem.

Também hoje acontece assim: os homens vivem despreocupadamente, quanto aos sinais e avisos de Deus, todos correndo alucinados atrás do deus dinheiro, poder, fama e outras coisas passageiras e mundanas. Eles se casam, comercializam, lucram, e pensam que foram criados para isto. Mas não se dão contas, de que a Justiça vem, e levará a todos os incautos, num dilúvio de fogo. O homem não foi criado para lucrar e sim para amar e para adorar a Deus. Dinheiro é lixo de satanás perto disto!

40 Dois homens estarão no campo: um será tomado, o outro será deixado. 41 Duas mulheres estarão moendo no mesmo moinho: uma será tomada a outra será deixada.

Simples, os dos estarão andando, a terra rachará entre os dois. Um cairá no abismo, o outro ficará sobre ele. Uma será morta por uma bomba, a outra não. Tudo isso é fácil de entender. Mas no fim, sobrarão apenas os santos. Sobrarão apenas os que se submeterem definitiva e humildemente ao primado de Deus sobre suas vidas. Quem pensa que a Nova Terra é destinada aos que não amam, adoram e rezam, está fora da realidade. Já disse: sobrarão só os santos, alvejados pelo Sangue de Jesus!

42 Vigiai, pois, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor. 43 Sabei que se o pai de família soubesse em que hora da noite viria o ladrão, vigiaria e não deixaria arrombar a sua casa. 44 Por isso, estai também vós preparados porque o Filho do Homem virá numa hora em que menos pensardes.

Mas os homens não vigiam, nem rezam. Então sua casa será arrombada, e o ladrão de almas virá para assaltar e matar. Casa sem oração é casa em ruínas. Antes que seus donos imaginem, ela estará no chão. Casa sem oração é casa que não percebe os sinais, que não está vigilante e atenta aos avisos cada vez mais fortes de Deus. Só os que rezam percebem isto, já notaram? Por que os padres não percebem? Porque não rezam mais! Porque se afastaram dos sacrários! Porque fugiram dos confessionários! Ali Deus lhes revelaria a verdade, e então abririam seus olhos já cegos. E o ladrão virá, para eles também. Principalmente para eles, virá com dor e muito sofrimento.

45 Quem é, pois, o servo fiel e prudente que o Senhor constituiu sobre os de sua família, para dar-lhes o alimento no momento oportuno? 46 Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, na sua volta, encontrar procedendo assim! 47 Em verdade vos digo: ele o estabelecerá sobre todos os seus bens.

Aqui uma injeção de ânimo aos que lutam pela salvação das almas, pela conversão de amigos e parentes, filhos e pais. Todos os que sentem tocados a rezar pelas almas, pela conversão dos outros, devem agradecer a Deus pela imensa graça de ter sido escolhido entre muitos para esta tarefa. Cada casa – podem perceber – cada família, tem sempre alguém que reza, um ou dois. A estes Deus concede a graça de lutar pela salvação dos outros, sem mérito, apenas força do Amor. A glória destes no céu, sem dúvida será maior, na medida do seu esforço e seu amor.

48 Mas, se é um mau servo que imagina consigo: 49 - Meu senhor tarda a vir, e se põe a bater em seus companheiros e a comer e a beber com os ébrios, 50 o senhor desse servo virá no dia em que ele não o espera e na hora em que ele não sabe, 51 e o despedirá e o mandará ao destino dos hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes.

Temos sim, servos maus e imprudentes. Temos hipócritas e fingidos. Temos sim, e muitos, blasfemadores, escarnecedores e servos do maligno. Vivem gozando da cara de quem os tenta alertar. Mal sabem que eles que riem da própria desgraça. Pois a justiça para eles não falha, se tarda é porque Deus lhes está dando infinitas chances de conversão. E tudo tem limites, até mesmo a paciência infinita do Pai. Então virá o tempo terrível, em que a graça da conversão cessará. Tempo este, onde a justiça humana arrancará a cabeça dos incautos, porque milhares deles se matarão entre si. Claro, sem haver conversão, aqui em vida, a eternidade será de castigo.

Lucas lembra ainda que naqueles dias haveria muitos terremotos em vários lugares e isso está acontecendo. No ano passado, o departamento sísmico dos EUA, registrou mais de 29 mil terremotos. Há 30 anos atrás não chegou a 5 mil. E nesta loucura, as estrelas cairão sim, pois Jesus falou! O Livro do Apocalipse, é uma revelação profética de Jesus para seu apóstolo São João. Vale pois, como os Evangelhos em termos de profecia. É sim, um livro cifrado, mas possível de entender, para os que se ligam em Deus. Ele se abre aos poucos, na medida dos acontecimentos.

Enfim, nos últimos anos foi possível ver a degradação galopante que acontece na natureza, em toda a terra. E sempre as pessoas diziam: sempre teve estas coisas! Mas é preciso que hoje, estes olhem com um olho mais atilado. Na semana passada, saiu uma reportagem num jornal, dando conta de que os cientistas da Europa, em reunião, concluíram que nos últimos 5.000 anos nos NUNCA HOUVE, no clima da terra, uma tão grave perturbação. E se os cientistas, que sempre tentaram escamotear a verdade, hoje dizem isso, então não restam mais argumentos de zombaria aos leigos.

Por último, devem os amigos saber que estes mesmos cientistas estão monitorando o ciclo dos asteróides. Eles se mantiveram por milênios presos numa órbita entre os planetas Marte e Júpiter. Mas por algum motivo ignorado, a gravidade de Júpiter passou a expulsar para fora milhares destas pedras. E o pavor esta tomando conta deles, porque tais pedras começaram a criar órbitas desgovernadas, tendo alguns já passado rente à terra. Em breve, esta saraiva nos atingirá. No tempo de Deus.

  (Aarão)

Fonte:www.recados.aarao.nom.br

« Voltar   Ver outras »